Gaspar destaque nacional

Gaspar está no topo do ranking nacional em gestão fiscal

De acordo com uma pesquisa de nível nacional, realizada pela Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro (Firjan), Gaspar é destaque no país. No Índice Firjan de Gestão Fiscal (IFGF), o município aparece em 1º lugar entre os municípios do Vale do Itajaí, 6º lugar no estado. No ranking nacional, Gaspar aparece em 29º lugar.

O IFGP faz referência a 2018 e avalia as contas de 5.337 municípios de todo o país. O Índice foi constituído pela Firjan com a base de dados fiscais e oficiais, declarados pelas próprias prefeituras. O estudo é composto por quatro indicadores: Autonomia, Gastos com o Pessoal, Liquidez e Investimentos. Os resultados foram divulgados no final de 2019.

De todos os municípios analisados, apenas 4% conseguiram o título de excelência em gestão. Gaspar aparece com o índice IFGF de 0,9149 que, de acordo com o estudo, demonstra “Excelência em Gestão”, sendo referência nacional.

Conforme a pesquisa, Gaspar obteve nota máxima no Índice de Autonomia, que avalia a capacidade de geração de receitas locais para fazer frente a seus custos administrativos. As notas variam em uma escala que vai de 0 a 1, sendo que quanto mais próximo da nota máxima, melhor a situação fiscal.

Gaspar manteve ótimo desempenho no índice Liquidez, com 0,9503, que verifica a relação entre o total de restos a pagar acumulados no ano e os recursos em caixa disponíveis para cobri-los no ano seguinte. No índice de Investimentos o resultado obtido foi de 0,9964, que mede a parcela da receita total dos municípios destinadas aos investimentos, e que melhoram o bem-estar da população e geram um ambiente de negócios. No índice de Gastos com Pessoal o índice foi de 0,7428, que controla o comprometimento gastos.

MEG

Desde Julho, servidores da Prefeitura de Gaspar vêm se preparando para a aplicar o Modelo de Excelência em Gestão de Transferência de Recursos – MEG/Tr. Foram realizadas capacitações no Tribunal de Contas do Estado e com técnicos do Ministério da Economia. Uma comissão de colaboradores efetivos e comissionados foi formada para iniciar a implantação do MEG na Prefeitura. O grupo tem a participação de representantes do Gabinete do Prefeito e das secretarias de Fazenda e Gestão Administrativa, Desenvolvimento Econômico, Educação, Obras, Agricultura, Assistência Social, Saúde, Procuradoria e Planejamento, alem da Fundação de Esportes e do Samae.

O objetivo é de promover o fortalecimento da governança, melhorias na gestão e controle e discutir inovações e troca de experiência entre município. Entre os benefícios do MEG-TR estão a melhoria da qualidade da gestão por meio de um referencial, promoção da cooperação interna, medição do desempenho perante os referenciais comparativos, com foco em resultados, divulgação na mídia dos reconhecimentos obtidos e apoio técnico da banca validadora para implementação de planos de melhorias.

O MEG-TR possui prazo para adesão, sistemas on line, capacitação presencial e à distância (EAD) para formação de multiplicadores, além de metodologia de implantação, acompanhamento e certificação.

Fonte: Índice Firjan de Gestão Fiscal (IFGF)

Acesse a pesquisa completa clicando aqui


Via PMG

Foto: Guilherme Spengler